Slider

Livros

Filmes

Promoções

Novidades

Séries

Games

Universal Pictures divulga primeiro cartaz teaser do longa "Pica-Pau"


Ele já tem 75 anos, ainda não cansou de fazer travessuras e, agora, estampa o primeiro cartaz teaser de seu filme. Pica-Pau, o icônico personagem da TV, chegará aos cinemas em outubro em uma produção pensada especialmente para o Brasil, o país que mais consome os desenhos do personagem em todo o mundo.


Com distribuição da Universal Pictures, Pica-Pau (Woody Woodpecker) conta com direção de Alex Zamm, de “Os Batutinhas: Uma Nova Aventura” e resgata o personagem que marcou  várias gerações. A produção, que mescla live action e tecnologia CGI, apresenta a atriz brasileira Thaila Ayala, além de Timothy Omundson no elenco principal.
Os atores interpretam o casal Brittany e Lance Walters – os alvos do traiçoeiro Pica-Pau na história.  A comédia mostra uma guerra de território entre o pássaro e o vigarista Lance Walters e sua namorada, que estão determinados a construir a casa de seus sonhos, mas para isso têm que derrubar a casa do travesso personagem.                                  
Criado por Walter Lantz em 1940, o personagem é protagonista de 166 episódios animados que já foram transmitidos em mais de 155 países e em 105 idiomas diferentes. Além dos desenhos – atualmente exibidos pela Rede Record, Cartoon Network e Boomerang -, Pica-Pau possui uma área dedicada no resort da Universal na Flórida (EUA) e faz participações especiais em atrações nos parques em Hollywood e no Japão.

Enjoy! See you soon!

Fonte: Divulgação Universal Pictures.        

Opinião: Star Wars - Academia Jedi


Quem nunca ouviu falar em Star Wars, Darth Vader, Mestre Yoda, etc? Mesmo os que não se aventuram pelas salas de cinema, literatura e séries de TV desta aclamada franquia, ainda assim em algum momento da vida já ouviu falar ao menos sobre um destes personagens.
Mas você já ouviu falar em Roan? Não? Então prepare-se para conhecer este jovem atrapalhado que está em fase de descobertas e mudanças.
Roan tinha o grande sonho de ingressar na Academia de Pilotos, porém nem tudo sai como o esperado e ele acaba sendo recusado nesta "escola", então se depara com a oportunidade se tornar membro da Academia Jedi.


Em meio a treinamentos, que jamais imaginou fazer parte, e precisando aprender como superar os desafios que encontraria nesta nova jornada inesperada, o protagonista começa a desabafar em seu diário, relatando todos os acontecimentos importantes dos seus dias e permitindo que o leitor compreenda seus medos, inseguranças, mas também suas potencialidades e desejos.
Se Roan está por perto, com certeza algo dará errado, principalmente se ele estiver tentando aprender algo ou se aproximar de alguém. Socialização não é o forte deste garoto e isto renderá momentos muito divertidos para os leitores.


Para os que não se consideram fãs da franquia, esta é a oportunidade de se aventurar pelo mundo de Star Wars de uma forma leve, descontraída e por vezes engraçada. 
Para os que já são fãs de carteirinha, o livro permite ver um outro lado do mundo Jedi, de uma forma mais tranquila. Conhecendo através do ponto de vista de uma pessoa que nunca sequer pensou na possibilidade de ingressar na Academia Jedi.

Nota: 5/5

Opinião: Casamento Grego 2


Não faz muito tempo que eu dividi com vocês a minha opinião sobre Casamento Grego, para quem não lembra pode ver o post aqui! Se você já assistiu ao primeiro filme e gostou do que viu, então esteja preparado para uma diversão ainda maior com Casamento Grego 2.

Nesta sequência, vemos Toula mais velha, com uma filha adolescente prestes a entrar para a faculdade, um marido amoroso e uma família que a cada dia parece ser mais presente, insistente, e GREGA. Isso mesmo, a cultura grega nesta família está ainda mais acentuada neste novo longa, abordando inclusive conflitos causados entre irmãos por causa da imigração.

Ao contrário do vi no primeiro filme, neste encontrei personagens mais marcantes e carismáticos, dotados de uma história convincente e com problemas reais, dificuldades típicas de todas as famílias. Afinal, você estaria pronto para que sua única filha decida ir embora para ficar longe da família maluca? E se depois de décadas seus pais descobrissem que o casamento deles não é válido?

Em meio a alguns dramas muito leves, as pitadas constantes de comédia se mostram ainda mais evidentes neste filme, despertando não somente aquela sensação gostosa de assistir a uma trama leve e envolvente, mas também as risadas que não podem ser contidas.


Para os que assistiram ao primeiro filme e que gostaram desta família confusa, mas repleta de carinho e companheirismo, ouso dizer que vão se sentir ainda mais encantados com a união destas pessoas tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais. Quando um dos membros da família está com problemas, os demais se organizam, de forma bem bagunçada, mas ajudam a enfrentar as adversidades.

Sem dúvida alguma esta é uma ótima opção de filme para ser assistido com a família, em um domingo à tarde e com bastante pipoca. Divirta-se com os personagens, emocione-se com todo o amor que está no ar e deixe-se envolver por esta trama tranquila, bonita e engraçada. 

Resenha: Em Algum Lugar nas Estrelas


Em Algum Lugar nas Estrelas
Clare Vanderpool
Editora DarkSide®
272 páginas, capa dura
*Exemplar cedido gentilmente pela DarkSide Books


Em Algum Lugar nas Estrelas é sobre alguns acontecimentos marcantes na vida de dois garotos: Jack Baker e Early Auden.
Jack perde sua mãe e é mandado para uma colégio interno, no Maine, bem longe de casa, pelo pai que é militar.
Lá ele conhece Early, que é obcecado pela sequencia do número Pi e tem uma maneira diferente de encarar o mundo.
A amizade dos dois é o ponto de partida para uma jornada que conecta a fantasia com a realidade de uma forma única e surpreendente.


Em meio as paisagens do Maine e entrelaçando histórias aparentemente sem ligação, Clare Vanderpool fala sobre morte, sobre o amor de mãe e seus conselhos valiosos. E nos faz conhecer mais sobre a síndrome de Aspenger, que é uma forma mais branda de autismo, e como alguém com essas características é tão normal como qualquer pessoa.
A autora, com muita sensibilidade, consegue desmitificar boa parte do comportamento de quem é portador da síndrome.
É maravilhoso quando nos reconhecemos e identificamos com as histórias e a forma que o personagem de Early é retratada mostra como todos nós, independente das diferenças, temos as mesmas necessidades e sentimentos. Afinal as semelhanças são o foco e não as diferenças. 


O relacionamento entre pais, filhos e amigos é universal, por isso a narrativa pode ser inserida em qualquer parte do mundo que a essência será mantida.
É um livro que tenho a certeza que vou reler muitas vezes porque realmente tem algo para nos contar.
Bom, me emocionei muito com a história e recomendo para todo tipo de leitor, porque todos nós precisamos enfrentar perdas e dificuldades na vida e Em Algum Lugar nas Estrelas é justamente sobre isso: a maneira como as pessoas enfrentam os problemas e seguem em frente. Uma história sobre encontrar o lugar certo para estar.

Nota: 5/5 (Favorito)!

Enjoy! See you soon!

Opinião: A nona vida de Louis Drax


Adaptado de um livro homônimo, este filme consegue transmitir a mesma atmosfera de mistério que a obra escrita, com menos detalhes, mas mantendo a essência da história e de seu protagonista incomum.

Louis é um menino que desde seu nascimento passa por alguns desafios que o colocam em grande risco, por causa destes acidentes que o deixam a beira da morte há quem diga que o garoto de 9 anos é como um gato e tem nove vidas. Outros detalhes que tornam o jovem diferente dos demais, que não o colocam na lista de apenas mais um garoto comum no meio da multidão, giram em torno de sua maturidade precoce, sarcasmo e código próprio de conduta.

Louis acredita na lei do descarte, que consiste basicamente na autoridade sobre a vida de algo que lhe pertence. Caso acredite que o seu animal de estimação já viveu o bastante, então a lei do descarte permite que você o mate sem qualquer tipo de culpa ou condenação.

Lembre-se que estamos falando de uma criança de apenas 9 anos. Isso provavelmente lhe fará refletir durante o filme sobre como tudo começou, onde Louis aprendeu esta tal lei e se seu sarcasmo seria uma forma de fugir das perguntas que lhe incomodam.


Há um mistério a ser desvendado nesta história, afinal o filme tem seu início a partir do momento em Louis sofre um grave acidente, testando assim a existência da sua nona "vida". Se ele irá sobreviver após a queda do penhasco, isso você só saberá ao final do filme.

Vale a pena se envolver com a história de Louis, sua mãe super protetora, seu pai um pouco ausente e o mistério que gira em torno desta família. Já adianto que não é o gênero de suspense sobrenatural, mas algo com um toque mais psicológico com um toque de fantasia que ao final fará todo sentido. E que final, hein?


Aos que já leram o livro, sinto informar que não verão nada de novo. Eu pelo menos comecei a assistir o filme sabendo o final e por causa disso não me empolguei tanto. Se você ainda não leu o livro e mesmo assim ficou curioso, pode assistir ao filme sem problema e se depois sentir vontade de conhecer outros detalhes, então leia o livro.

Nota: 5/5

Opinião: Gilmore Girls - Um ano para recordar


Esta nova temporada surgiu com a promessa de acalmar os corações ansiosos dos fãs de Gilmore Girls, que há anos desejavam saber o que havia acontecido com seus personagens preferidos.

Antes de qualquer coisa preciso deixar algo claro, eu não faço parte do grupo de pessoas que esperou por anos para rever a pequena cidade de Stars Hollow, já que comecei a assistir a série há poucos meses apenas para saber se deveria me empolgar com a notícia de uma nova temporada, então não estranhe se durante o post eu não demonstrar aquele saudosismo característico.

Apesar de ser uma fã "nova" fiquei radiante quando finalmente Um ano para recordar foi disponibilizada integralmente na Netflix. Em poucos meses consegui me apegar a todos os personagens e suas histórias, então mesmo que a espera tenha durado apenas um mês, ainda assim a ansiedade me consumia.


Se você estava com saudades dos personagens, esta é a sua oportunidade de descobrir o que aconteceu com cada um deles, já que ninguém ficou de fora. Nem mesmo o Dean, que aparece por poucos minutos, deixou de ser lembrado.

Quem teve o prazer de acompanhar a evolução e fases da Rory durante os anos em que a série foi exibida, com certeza precisa vê-la agora, lutando para construir uma carreira, precisando lidar com problemas familiares e com a dúvida sobre o que acontecerá no dia seguinte. Não há uma certeza do que está por vir, apenas se saber que nenhum dia é igual ao outro e muitas surpresas estão por vir.

Digo mais, talvez você se espante com o que realmente acontece com nossa pequena - agora adulta - Rory. Claro que não vou me aprofundar, mesmo sabendo que se você fizer uma pesquisa no Google vai descobrir o final desta temporada, pois quero que você se surpreenda e que este post não quebre todo o encanto.

Algo que eu gostei bastante foi de ver que todos os ex namorados da Rory estavam presentes de alguma forma, afinal, cada um participou de uma fase da personagem, agregando e modificando algo nela.


Mas nem só de Rory se faz Gilmore Girls. A avó da protagonista, Emily, está enfrentando um momento difícil em sua vida e precisará reaprender a viver sem a presença de seu amado marido. Esse processo é muito legal de acompanhar, pois quebra aquela ideia pré construída de que a personagem é fria e inabalável. Emily é sim uma mulher forte e determinada, mas nesta temporada mostra seu lado sensível de uma forma tão pura e sem exageros.

Lorelai também continua com uma presença marcante na série, desta vez um pouco mais madura e com menos inseguranças, mas sua essência não foi perdida, a confusão e algumas dúvidas continuam fazendo parte de sua vida, mas a forma como ela encara os obstáculos é empolgante e em alguns momentos emociona quem está assistindo.


Eu poderia falar de todos os personagens, mas gostaria que você tivesse a mesma experiência gostosa que eu tive ao revê-los. Assista, permita-se matar a saudade e se divertir com esses personagens carismáticos, amáveis e atrapalhados. E esteja pronto para se emocionar constantemente, meus olhos até suaram um pouco em alguns momentos.

Nota: 5/5 (todas as estrelas do mundo).

"Animais Noturnos" ganha primeiro trailer oficial


Amor, crueldade, vingança e redenção são alguns dos temas explorados em Animais Noturnos (Nocturnal Animals), longa assinado por Tom Ford a partir do romance "Tony & Susan", de Austin Wright. Protagonizado pelos indicados ao Oscar Amy Adams e Jake Gyllenhaal, o thriller acaba de ganhar seu primeiro trailer oficial.
Com distribuição da Universal Pictures, a produção foi um dos grandes destaques do Festival de Veneza, em que recebeu o prêmio do júri. O suspense aborda a história de um casal separado há 20 anos, que passa a descobrir verdades obscuras um sobre o outro.   

   
Susan Morrow, personagem de Amy Adams, é uma negociante de arte de Los Angeles que vive uma vida privilegiada, mas incompleta, ao lado de seu marido Hutton Morrow (Armie Hammer). Em um final de semana, após Hutton partir em uma de suas frequentes viagens de negócios, Susan recebe um pacote inesperado: um livro escrito por seu ex-marido, Edward Sheffield (Jake Gyllenhaal), e dedicado a ela. Uma publicação violenta e desoladora. 
O filme ainda traz Aaron Taylor-Johnson, Michael Shannon, Isla Fisher, Armie Hammer e Laura Linney no elenco. O longa estreia em novembro nos cinemas brasileiros.
Confiram o trailer:



Enjoy! See you soon!

Fonte: Divulgação Universal Pictures.