Slider

Livros

Filmes

Promoções

Novidades

Séries

Games

» » » » » » Êxodo: Deuses e Reis (Exodus: Gods And Kings, Inglaterra, EUA, Espanha, 2014)


Adaptações de história bíblicas para o cinema, assim como adaptações de livros, sempre geram polêmica porque a grande maioria do público espera uma reprodução fiel da obra e isso nem sempre acontece.
Em Êxodo - Deuses e Reis, Ridley Scott transforma a história de Moisés em uma batalha épica.
Logo no início temos a sensação que algo está faltando porque o longa não mostra uma das partes mais conhecidas e icônicas da narrativa: como Moisés foi parar na família real egípcia.
Talvez essa escolha de começar pelo meio da história foi uma estratégia para fugir dos clichês e focar nos conflitos que Moisés enfrentou na vida adulta, na escravidão e saída do povo hebreu do Egito. Mas com isso boa parte do sentido da história se perdeu.


Acompanhamos um Moisés, que mesmo sendo predestinado a libertar seu povo da escravidão, não tem muita fé.
Os cenários gigantescos e os efeitos especiais impressionam mas os detalhes foram neglicenciados, dando uma impressão artificial nas cenas internas.
Algo que funciona bem na produção foi a racionalização de alguns dos acontecimentos, seja na parte onde os egípcios encontram uma possível causa das pragas e sua ligação direta com o rio Nilo ou no fenômeno que produziu a abertura do Mar Vermelho.
Outro ponto positivo do longa é Christian Bale. Ele está totalmente envolvido com o personagem em mais uma ótima atuação.


As cenas depois do clímax final se atropelam e são totalmente desnecessárias.
Ao terminar de assistir o filme o que fica são questionamentos contraditórios sobre o que é real e o que é sobrenatural.
Afinal esse é o Moisés mais sem fé das produções cinematográficas, seus encontros com Deus são questionados e confundidos com loucura e ele parece não aceitar sua origem, mas não são deixados de fora da narrativa acontecimentos que não podem ser explicados.
Sou fã do Cristian Bale e do Ridley Scott mas ainda prefiro a versão desta história na animação O Príncipe do Egito (The Prince of Egypt, EUA, 1998).

Nota: 3/5.

Enjoy! See you soon!

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

2 comentários:

  1. interessante seu comentario. voce precisa assistir ao epico os dez mandamentosirar sua , uma obra prima da epoca, e tirar suas conclusoes.

    ResponderExcluir
  2. Oi Evelyne! Assisti esse filme, mas não gostei mundo. Era muito legal os efeitos especiais e mesmo não sendo muito religioso, sou fiel as histórias dos livros. Não estou gostando muito das novas versões das histórias biblicas. Foi assim com Noéh e agora com esse. Visita e segue o meu blog: http://appdecelular.blogspot.com.br/ Bye

    ResponderExcluir

Faça a alegria da blogueira que vos escreve: deixe um comentário sobre o post!!!