Slider

Livros

Filmes

Promoções

Novidades

Séries

Games

» » » Especial Exorcismo: O Ritual na Tela do Cinema


"Exorcizamus te, omnis immundus spiritus, omnis satanica potestas, omnis incursio infernalis adversarii, omnis legio, omnis congregatio et secta diabolica..."

Possessões e exorcismos por si só já são assustadores o bastante e por isso muito explorados em filmes de terror. 
E para comemorar o lançamento incrível da editora DarkSide Books que estou ansiosa para ler, Exorcismo de Thomas B. Allen,  reuni nesta postagem alguns filmes com exorcismo que eu já assisti. Vamos a eles:

- Invocação do Mal (The Conjuring, EUA, 2013).


Começo citando um dos meus longas favoritos de terror porque é impossível falar sobre exorcismo no cinema e não citar Invocação do Mal.
Além de toda uma atmosfera muito bem construída explicando e mostrando os estágios de uma possessão, o exorcismo é uma das partes mais tensas e marcantes da narrativa que é baseada em fatos.
Por isso o espectador se assusta muito e fica realmente perturbado ao saber que uma família passou por tudo isso na vida real.
Ed e Lorraine Warren retornam as telas hoje, 9 de junho, em Invocação do Mal 2 (The Conjuring 2: The Enfield Poltergeist, EUA. 2016). Os trailers e o poster do filme prometem mais sustos e uma história real e perturbadora, que conta com James Wan novamente na direção e as ótimas atuações de Vera Farmiga e Patrick Wilson como o casal Warren.

- O Último Exorcismo (The Last Exorcism, França, Eua, 2010).


É claro que nessa lista não podia faltar um found footge! Em O Último Exorcismo um pastor que perde sua fé resolve mostrar a farsa que envolve os exorcismos com a gravação de um documentário sobre um caso que chegou até ele.
Mas o que é interessante nesse longa é sua tentativa válida, ainda que muito equivocada e clichê, de mostrar o lado teatral e fantasioso de um exorcismo e como a religião e o fanatismo manipulam as pessoas.
E mesmo com um final bizarro o longa ganhou uma continuação dispensável, O Último Exorcismo: Parte II (The Last Exorcism: Part II, EUA, 2013), que conta com uma sessão de exorcismo nada tradicional.

- O Exorcismo de Emily Rose (The Exorcism of Emily Rose, EUA, 2005).


Muito além do ritual propriamente dito, esse o longa discute sobre fé e ética, quando o exorcismo de Emily Rose dá errado e ela acaba morrendo em decorrência do desagaste sofrido.
O filme é baseado na história real de Anneliese Michel, que acreditava estar possuída por seis demônios.
Ao questionar a existência do bem e do mal com cenas impressionantemente reais e angustiantes da possessão intercaladas com o julgamento do padre, acusado pela morte de Emily, o longa consegue contar a história de uma forma muito mais ampla, efetiva e imparcial, deixando o expectador formar sua opinião sobre os acontecimentos.

O Ritual (The Rite, Eua, Hungria, Itália, 2011).


Aqui temos o velho lema de São Tomé colocado na prática: a maioria das pessoas só acredita no que vê!
O Ritual conta a história de Michael Kovak (Colin O’Donoghue), um seminarista que por não ter fé suficiente decide abandonar o sacerdócio. Mas antes que sua desistência seja aceita ele é convidado a participar de um curso para formação de exorcistas na Itália, onde sua ausência de fé será confrontada.
A narrativa que foi inspirada no livro do jornalista Matt Baglio, The Rite: The Making of a Modern Exorcist, que conviveu durante um período com padres exorcistas.
O foco central do longa vai muito da além da fé ao mostrar que o fato de não acreditar não te protege do mal.

- O Exorcista (The Exorcist, EUA, 1973).


O Exorcista não é o filme mais assustador do gênero, mas com toda a certeza é o mais lembrado quando o assunto é exorcismo.
A luta do bem contra o mal dentro de uma garota e a fórmula: sopa + obscenidades + contorções inumanas (beirando ao bizarro) são os elementos de destaque na produção.
O longa é baseado no livro homônimo de William Peter Blatty, e é incrivelmente melhor que o filme. É um dos livros de terror mais assustador que já li, onde a atmosfera macabra da história apavora e envolve totalmente o leitor.

***

Continuem ligados no Especial Exorcismo, que teremos mais surpresas essa semana no blog e nas redes sociais!

Enjoy! See you soon!

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

7 comentários:

  1. Já vi todos os filmes citados e, claro, o meu favorito é Invocação do mal. Gente, tem Vera Farmiga!! O que é essa mulher atuando! Mas tenho que mencionar O Exorcista, que foi um dos primeiro filmes que me fez amor terror.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que legal, adorei o post!
    Confesso que em termos de possessão demoníaca e assuntos semelhantes eu sou super medrosa, mas tenho muita vontade de superar esse medo bobo pra conhecer essas grandes obras do cinema :)
    Beijos

    As Crônicas de um livro Viajante

    ResponderExcluir
  3. Eu assisti A Invocação do Mal 2 e amei o filme. Ele é tão bonito visualmente, tão bem dirigido, e a história em si também é legal. Só acho que é muito exagerado o "Baseado em Fatos Reais" que eles exigem em promover, mas o filme continua sendo bom como si só.

    ResponderExcluir
  4. Com certeza nas telas este gênero rende cenas incríveis e aterrorizantes! Fico imaginando como não está a edição da DarkSide.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Que lista maravilhosa! Falta ver só Ritual e O Último exorcismo. Eu amo Invocação do Mal, acho maravilhoso, amo as interpretações, tudo na verdade. Haha. Vou ver este dois que estão faltando, pois esta lista me deixou com água na boca.kk

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Não são filmes que vejo com frequência, mas já vi todos e gostei de todos, mas, certamente o que mais me marcou foi: O Exorcista, creio que pela pouca idade que tinha e fato de tudo me impressionar.

    ResponderExcluir

Faça a alegria da blogueira que vos escreve: deixe um comentário sobre o post!!!